segunda-feira, 12 de março de 2012

Vendas de celulares não param de crescer e as redes sociais são as grandes responsáveis pelo sucesso

Cresce a procura por celulares importados
Com o crescimento da demanda de celulares, o mercado para os empresários de loja de celulares tende a crescer cada vez mais. E foi prevendo esse crescimento que um jovem empreendedor de Santo Estevão vem ganhando força cada vez mais no ramo de telefonia móvel. 
Há 11 anos, Oslan Leal Pereira, proprietário da TecnoCell, loja de assistência técnica de aparelhos celular, localizada na Praça 21 de Setembro (próximo à sinaleira do Estádio) é um dos principais destaques na cidade neste ramo. O comércio, que começou bem modesto, abriga uma loja completa e comercializa produtos no varejo e atacado. 
“Nos últimos cinco anos percebemos uma verdadeira explosão de vendas de celulares, principalmente com a aceitação que os importados tiveram. É um comércio interessante pela velocidade que a tecnologia avança e possibilita a exigência dos clientes pelo produto funcional e faz com que a gente se especialize constantemente para atender esta demanda”, avaliou o comerciante que atende vários municípios baianos. 
Na loja o cliente encontra celulares nacionais e importados, novos e semi-novos, aparelhos de telefonia fixa, GPS, todo tipo de acessórios e até material de informática. A visão empreendedora de Oslan, aliada ao cuidado em se aperfeiçoar para atender à demanda fazem o sucesso da loja. “Desde quando comecei, embora jamais pudesse imaginar que este ramo evoluísse tão depressa, eu já me preocupava com a satisfação do cliente. Aprendi que temos que estar sempre à frente para que possamos atender com mais qualidade”, revelou. 
REDES SOCIAIS IMPULSIONAM AS VENDAS - As redes sociais viraram moda. São elas que estão “bombando” no momento. Podem até ser comparadas a um vírus que, em pouco tempo, contaminou milhares de pessoas do mundo inteiro. Afinal, todos querem ficar o tempo todo conectado para saber o que está rolando em seu perfil, do twitter, facebook e orkut etc.
O sucesso é tanto que, segundo pesquisa do Ibope, 20% dos internautas entrevistados irão trocar o celular ou mesmo de operadora para poderem acessar as redes sociais. O motivo principal para essa mudança é ficar 24 horas online. De olho na demanda que cresce a cada dia, as empresas, apostam em novas tecnologias e lançam no mercado aparelhos modernos que facilitam o uso de aplicativos para o acesso das redes sociais. Diversas marcas de celular já lançaram modelos próprios para atender os internautas. 
As redes sociais se popularizaram em função do uso pessoal e, até mesmo, do trabalho na empresa. De acordo com pesquisa realizada pelo Ibope, 87% dos brasileiros acessam redes sociais. O Brasil está na décima posição entre os usuários de sites como Orkut, You Tube, MSN, Twitter, Facebook, ou Linked In.