segunda-feira, 24 de setembro de 2012

DRFR desarticula quadrilha com ramificações em Santo Estêvão

Um esquema de furto, adulteração de veículos e tráfico de drogas em Feira de Santana, com ramificações no município vizinho de Santo Estevão foi desarticulado pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR/Feira), cujos investigadores prenderam, nesta semana ,seis pessoas e apreenderam dois carros, três motocicletas, além de cocaína, crack, maconha e duas armas. Uma chácara no distrito de Encruzo era utilizada como esconderijo de carros roubados e drogas. 

A partir da prisão do ex-presidiário Valdec Oliveira Bastos, de 42 anos, na segunda-feira (18), policiaisda 1ª Delegacia Territorial (DT/Feira) conseguiram rastrear um Corsa, de cor vermelha, placa JLW-2234, furtado por ele na região central de Feira de Santana. Liberado do sistema prisional há poucos dias, Valdec foi identificado, como autor do furto,depois de ter sua imagem captada pelo circuito interno de segurança de um estabelecimento comercial, próximo ao local do crime.

O ex-presidiário estava a bordo de um veículo Wolkswagen Apollo, de cor branca, em companhia de João Alberto de Queiroz Mota, o “Dentinho”, 31, e Ageo Bispo Barbosa, 26 anos, todos conduzidos àDRFR/Feira. No interrogatório Valdec indicou Lucas Cerqueira de Abreu, 34 anos, residente em Santo Estevão, como o receptador do Corsa subtraído.

A equipe da DRFR/FSA deslocou-se para Santo Estevão onde localizou Lucas, que indicou o foragido da Justiça Djair Ribeiro Oliveira, o “Chinho”, 22, como o comprador do carro furtado. Na casa de“Chinho”, que estava com prisão decretada pela Comarca de Santa Bárbara, por latrocínio, havia três motocicletas com a numeração do chassi raspada, uma balança de precisão, um quilo de bicarbonato, 41 “buchas” de maconha e cinco pedras de crack. No imóvel, também estavam Iomar Souza Nascimento Júnior e Roni Mário da Silva Santos Filho.

Chácara - Djair indicou uma chácara de propriedade de sua família como o esconderijo do Corsa, informando ainda ter dado um revólver calibre 32 como parte do pagamento pelo veículo. A arma foi encontrada escondida no assoalho do Apollo, apreendido com Valdec, “Dentinho” e Ageo.
Na propriedade rural, em Encruzo, além do Corsa, havia dois quilos de maconha, cerca de meio quilo de cocaína, 200 gramas de crack e varias embalagens para acondicionar as drogas. Uma espingarda calibre 12 também foi apreendida em poder de Iomar. Toda a droga, os veículos, as armas e os seis criminosos foram apresentados na DRFR/Feira, tendo o delegado titular André Ribeiro lavrado os flagrantes. Valdec e os comparsas já estão custodiados no Presídio Regional de Feira, à disposiçãoda Justiça.
Com informações do Folha do Estado.