terça-feira, 18 de abril de 2017

Marciel Sena, o idealizador do Barracão dos Lanches está de volta à frente da gestão da maior lanchonete da cidade depois de um ano viajando por outros municípios para difundir um projeto social do seu empreendimento do ramo de lanches. 

Sempre inovador e com alto poder de criatividade em tudo que faz o Barracão agora inova com mais um ambiente: a Casa de Palha promete encantar o público amante de locais rústicos, tradicionais e acima de tudo criativos. 

A Casa de Palha, que propositalmente irá funcionar apenas por temporada que vai de abril a julho, é um ambiente ora inusitado, ora encantador. O local é decorado com materiais que normalmente iriam parar no lixo se não fosse a criatividade do seu dono. Chapéus de palha viraram lustres, madeiras velhas viraram elementos rústicos nas paredes e a tradicional bandeirola, com tecidos reciclados, fazem materiais simples virarem verdadeiros atrativos pra quem visita o local. A iluminação baixa anuncia: ali é o ambiente propício para quem valoriza as raízes populares traduzidas nos festejos juninos entrar no clima da festa. 

Para Marciel, a ideia da Casa de Palha é um resgate à tradição que vem se perdendo ao longo do tempo. “Com esse ambiente pretendo mostrar duas coisas: a primeira que a gente pode reaproveitar materiais que temos em casa, às vezes já prestes a ir ao lixo e transforma-lo em um objeto de decoração criativo. O segundo ponto foi meu desejo de resgatar a tradição dos festejos juninos que traduziam o aspecto rural e artístico de maneira ímpar", disse. 

A Casa de Palha, em sua temporada está funcionando de sexta a domingo e fica situada ao lado do Barracão dos Lanches. 

ALÉM DAS FRONTEIRAS – Toda criatividade de Marciel já não é só vista pelo público santo-estevense. Recentemente, o comerciante viajou para Ipirá e Simões Filho, ambas na Bahia, desenvolvendo projetos sociais como arrecadação de alimentos, roupas e brinquedos para distribuição com pessoas carentes, além de oferecer nessas cidades oficinas de reaproveitamento culinário e artesanato. Em breve o projeto itinerante do Barracão chega a cidade baiana de Tapiramutá. 

DE VOLTA AO BARRACÃO DOS LANCHES – Para cuidar do projeto itinerante, Marciel ficou um ano longe da gerência do Barracão dos Lanches, mas agora está de volta. O espaço de lanches, que conta com 32 tipos de sanduiches, além dos naturais, sucos da fruta e muitas outras delícias, atende todos os dias da semana até a meia noite, também com serviço de delivery (entrega à domicílio). Os pedidos podem ser feitos através dos telefones 75 9 8154-5487, 75 9 8106-8711 ou pelo whatsapp 75 9 9229-8554. Também com entrega de GELOS até às 0:00h

DISK QUENTINHA – Também pelos mesmos números de telefone o cliente agora dispões de deliciosas quentinhas. O serviço de quentinhas para almoços funciona de segunda a sábado, sendo que nas sextas com cardápio de comidas baianas e aos sábados feijoada. Cada quentinha custa apenas R$ 10.